COCEIRA NA ÁREA ÍNTIMA

Todas as mulheres são, em algum momento de suas vidas, vítimas de coceira íntima.

Geralmente associada à micose (ligada à proliferação de fungos microscópicos), coceira íntima em mulheres pode ter outras causas, como certas infecções vulvovaginais (vulvite, vulvovaginite), doenças de pele (psoríase) …

Eles também podem ser acompanhados de queimaduras ou dor local. Dependendo da causa da coceira, outros sintomas podem estar associados a ela em diferentes lugares do corpo.

Para fazer um diagnóstico, por causa das muitas causas, é importante consultar um médico.

Que tratamento para uma parte privada coçando?

Dependendo da causa de sua coceira íntima, vaginal ou vulvar, seu médico pode aconselhá-lo sobre produtos apropriados (creme anti-infeccioso ou dermatológico). Para acompanhar seu tratamento, recomenda-se usar produtos específicos de higiene íntima com um ativo reconfortante.

Como evitar coceira íntima nas mulheres?

O primeiro passo é evitar a recorrência e tomar as ações certas. A primeira é usar produtos de higiene pessoal adequados. Em todos os casos, é imprescindível buscar a assessoria de um profissional de saúde. Na verdade, as sensações de formigamento que são sentidas na área íntima não são necessariamente devido à micose. Daí a importância de ver um médico. Só ele pode prescrever um tratamento farmacológico adaptado à patologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *